Com tecnologia do Blogger.

+18 only

by - segunda-feira, julho 14, 2014

Conteudo impróprio para crianças
(de idade e de mentalidade)

Bom (respiro fundo)... não é de todo, dos posts mais faceis que me foi pedido , no entanto, aceito desafios, e, já não sou uma menininha, não tenho tabus, tenho apenas sensatez,  abordo temas que julgo serem de interesse efectivo para quem me lê.
Apartir do momento que tive acesso à "fatia" gigante de homens que seguem  o blogue, dos mails, mensagens, e ,me fui tornando próxima dos seus dilemas, tal como já era das mulheres que me acompanham desde o inicio, em assuntos de cosmética, como em assuntos em que consideram uma amiga, que, na impossibilidade de responder a todos os mails e mensagens,respondo subliminarmente a algumas das vossas mensagens, como inteligentemente todos têm entendido.
 Ao longo da minha vida, cruzei-me com algumas situações, em conversas com amigas, conversas com amigos, onde esta temática aparecia frequentemente e nunca em tom de gozo, contráriamente ao que é pensado.

O tamanho importa?

Quem pensa que o complexo com o tamanho do orgão sexual passa com a idade, nem sempre estará certo.  Existem homens , tão fixos neste aspecto que o tornam um verdadeiro problema, fazendo que tal dê  por vezes origem a impotencia de cariz psicologica.

Falamos apenas de um pénis mais pequeno, na maior parte das vezes. 
Se falarmos de sexo ocasional, um membro sexual masculino pequeno, com falta de ereção num homem com uma atitude machista é ridiculo, SIM
Para nós, o problema não é o tamanho, mas a atitude do homem.
 A maior parte dos homens arranjam forma de culpar o Mundo, em especial as mulheres pela sua falta de virilidade.
Já um homem fogoso, com uma atitude de entrega, com as mesmas caracteristicas do acima descrito, que possa brincar com a situação, desvalorizar e aceitar que esse tipo de coisas acontecem, aceitar a morfologia do seu orgão (porque nós aceitamos) conquista uma mulher na hora(brincadeira não é gargalhar nem fazer cocegas nem parvoices...). Se tiver disposto a proporcionar prazer, ser criativo, melhor ainda, ganha uma amante, e quem sabe, uma mulher ou uma fã pronto.



Falei com várias mulheres durante a minha vida , ou  sou confidente de muitas que tiveram paixões e amores imensos e sim, mencionaram que o tamanho não influenciou minimamente o seu relacionamento, alias facilitou certas práticas...
Que se à primeira reação houve um "ohh", todo o clima , a envolvencia, a mestria, superou todos os "farois" que lhes poderiam ter atravessado o caminho.


O que nós queremos mesmo, é sentir envolvência. Seja numa one night stand ou  num relacionamento para a vida.
Essa preocupação com o tamanho é tão fora de contexto quando o orgão que maior excitação nos provoca é o cerebro, e é tão pouco usado nas relações sexuais e até mesmo nos flirts. 
Seria tão excitante que o  usassem o tanto quanto usam o sorriso. As palavras envolvem-nos,  podem mesmo fazer -nos chegar a pontos onde orgão sexual nenhum por maior que seja fará.
Ainda assim, para os mais cépticos...existem sempre sugestões!
Porque eu não quero que vos falte nada!
Antes de escrever este post, tive que pesquisar que metodos não cirurgicos existiam , de resolução fácil para este tipo de ... caso.
Aviso já que esta hiperligação só deve ser seguida por maiores de 18 anos.
Confesso que acho assustador.
Mas os cremes... ah... tenho cá uma tara por cremes ahaha!
e logo a seguir 
Este

Volto a reforçar.
Diálogo, solidez , coerencia, nos actos, é muito mais importante que o tamanho de uma orelha, de um pénis de um testiculo ou de um polegar.
Queremos atenção, envolvencia, carinho, beijos, abraços, toque, calor, luares e passeios de mãos dadas.Palavras doces por favor! Sussurros! Surpresas boas! E nós trataremos de vos surpreender tambem!
Tamanho do pénis? Really?


Agradecimentos à Cupido Shoppost signature

You May Also Like

15 comentários

  1. Eu acho que não é só nos homens que existe esse tipo de problemas íntimos. Já as mulheres são iguais mas somos mais generalizadas, é porque os seios são pequenos ou não temos um rabinho arrebitado ou é porque é só celulite (que certos homens nem sequer ligam e só nos a vemos lol) ou porque tenho barriga ou porque não tenho medidas de uma Gisele Bundchen ou Adriana Lima e depois chega a hora H e nem sequer se sentem confortáveis com elas próprias para se envolverem sequer com o parceiro. Tem que ser de luz apagada, não toca ali e acolá, sempre a queixarem-se "tenho isto e aquilo" e lá se vai o rastilho do homem.. Já no homem é igual tem a mentalidade do "é pequeno, é fino, não há prazer" e realiza-se mesmo porque a mentalidade da pessoa esta presa naquele tipo de pensamento. Ou seja, o problema aqui não é o que a natureza lhes deu mas sim a mentalidade de cada um que se torna bem real. Apoio a 100% o teu post Marta..
    Homens deste mundo não importa o tamanho da varinha mas sim a magia que ela faz.. Mulheres deste mundo AMEM-SE por aquilo que são e pelo que possuem, sintam-se Deusasss!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mulher tem calma, falarei nos nossos problemas mais à frente;)

      Eliminar
  2. ahah gostei da frase da Cátia Sobral que resume o post da Marta "não importa o tamanho da varinha mas sim a magia que ela faz"

    ResponderEliminar
  3. Concordo completamente ctg, Marta!
    A inteligência sim, importa! Em todos os sentidos... Admiro-te por acordares este tipo de assunto tão sensível para os homens. Muitos deles não se convencem que, na realidade, o tamanho não importa. E isso atormenta-os de tal forma que nem querem falar sobre o assunto. Aborda-lo com uma mulher??? No Way!
    Pelo menos, é a minha opinião.
    ;) beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então eu devo ser uma iluminada. Porque existem pessoas que não têm problemas se abordar o que quer que seja comigo. E acredita que não ha amizade que os demova nem faça mudar ideia.E não me refiro a machistas...

      Eliminar
  4. ahahahaha adorei!!! e sempre ouvi dizer " É melhor ter um pequeno trabalhador do que um grande bobão" xD
    basicamente o que interessa é que seja "trabalhador" que crie todo aquele mundo magico "Queremos atenção, envolvencia, carinho, beijos, abraços, toque, calor, luares e passeios de mãos dadas.Palavras doces por favor! Sussurros! Surpresas boas!" basta que nos faça sentir a mulher mais desejada do mundo, né!!?... nada tem haver com tamanhos

    ResponderEliminar
  5. Mais uma vez, adorei este post!! está a demonstrar uma enorme madurez, e um grande sentido de atenção para com todo o tipo de asuntos que surgem na nossa vida, especialmente, no que toca ao mais íntimo, do lado masculino, da minha parte obrigado!!!
    Bem-haja!!

    ResponderEliminar
  6. O cerebro interessa.Tudo o resto são desculpas.bjokas

    ResponderEliminar
  7. Bem, tudo isso do trabalhador é muito verdade! O que importa é a atitude do homem, a sua iniciativa, paixão, entrega e interesse na companheira, pois muitos ainda são muito egoístas e acham que preliminares são uma espécie de bolo ou outra coisa estranha que desconhecem e que a coisa acaba quando eles acabam... é com isso que se deviam preocupar e não com tamanhos! De facto de a pessoa tiver tido o azar de um micro coiso também é triste, muito, mas existirão formas de dar volta à situação se a pessoa estiver interessada. Por aqui ouve-se dizer " Enquanto tiver língua e dedo, não há mulher que me meta medo" Concentrem-se então os teus leitores à análise desta expressão pois é o que está muito em falta, de uma forma geral!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Epa, mas MICRO, quão pequeno tem que ser micro? tipo umbigo saido? É por aí que acho que exageram. Ou isso ou tive sempre sorte na vida. E se assim for, TÃO GRAVE COMO ISSO , existem sim dildos, vibradores, linguas, dedos. So tu para me fazeres dizer estas coisas. Faz me lembrar a musica Dont want a short dick man, lembras te?LOL

      Eliminar
  8. O tamanho do coração e do cérebro importam! E de que maneira...Tudo o resto, vai com jeitinho :)

    ResponderEliminar
  9. Gostei bastante, por teres falado de um tema que pode ser tabu para muita gente :)
    sinceramente eu também penso como tu, que o tamanho muitas das vezes não importa desde que haja envolvimento, e tudo o mais que faz com que a relação sexual seja um ato único e especial :) e já estou quase como uma menina disse é tudo uma questão de jeitinho :P
    **

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E a maior parte dos moços acham q o q nos interessa é o tamanho. Como se fossem pénis ambulantes...

      Eliminar

Obrigada pelo teu comentário!