O perigo mesmo ao lado!

Venho falar-vos de algo que acabou de acontecer com um dos meus bens mais preciosos, o meu filho mais novo.  
Serve o presente post como reclamação, indignação, carta de protesto, num país onde todos ficam calados e na altura de reclamarem ou protestarem, se acusam uns aos outros de se fazerem de vitimas. E que so deve protestar quem não tem pão duro na mesa.
 Mentalidade de pobre(de espirito) é muito triste.
Ver o Mundo pela tela também deve ser. A unica tela de onde vejo o Mundo é a que utilizo para me expressar. Faço-o diáriamente, livremente, continuamente.É o meu trabalho.
Não me regozijo com a infelicidade ou pobreza de espirito de ninguem, pelo contrário lamento-o profundamente. Infelizmente, cansei-me de estender as mãos e não ambiciono ser reconhecida como associação benemérita. Cada um nasce para o que nasce e eu sempre tive presente que as boas ações e caridade como doações não devem ser exibidas, divulgadas, como dizia Ghandi, correndo o risco de não se tornar caridade e sim vaidade.

Posto isto, passo a relatar o que se passou comigo há cerca de uma hora atrás.
Dirigi-me com o meu filho de 5 anos, Santiago ao Posto da Repsol, perto do Continente em Torres Vedras, para abastecer o meu carro. Sou das antigas, preferia o tempo em que havia um senhor bem disposto para me colocar gasolina no deposito, e estranhei as primeiras vezes que tive que o fazer sozinha, chegando a ser alvo de gozo por parte de algumas amigas. Gozo, entenda-se brincadeira. A rainha da Preguiça preferia fazer mais uns kms que sair do carro e auto-abastecer-se.
Depressa me habituei e em tantos anos nunca me aconteceu o que hoje se passou.
O Santiago quis ir comigo pagar o deposito, obviamente, não o deixaria sozinho no automóvel, portanto, quis saber como se punha gasolina no carro.
Ficou a meio metro  de distância do depósito. Para minha grande infelicidade, que devia te-lo obrigado a ir para dentro do carro.
Mas estas coisas não se imaginam.
Pela primeira vez na minha vida, a gasolina saiu com uma força fora do normal em jato descomunal e em espuma, uma espuma tal que conseguiu molhar a mim uma vez que nao entrou no deposito (que estava na reserva) fazendo ricochete e molhando ao Santiago no rosto e corpo inteiro. A minha primeira reação foi largar a mangueira no depósito e correr com o Santiago para dentro da Estação de Serviço, pedindo ajuda à funcionaria que comigo lhe lavou a cara, ele assustadissimo, eu tambem, trocando com a mesma para olharmos pelo carro uma vez que la deixei mala, dinheiro, tudo(recordo que foi nesta mesma bomba que ha 15 dias me roubaram o cartao MB).
Parece estupido mas encharcados em gasolina, ficarmos sem carro e dinheiro em segundos seria demais... e como na minha vida existem situações estranhas, confesso que me preocupei com isso.
Voltei para fechar o carro, nem acabei de por gasolina nenhuma, não quero saber de combustivel nos proximos anos(digo eu agora) , e  perguntei à funcionaria se nao teria soro fisiologico para venda. Não tem.
Nem na mala dos primeiros socorros.
Perguntei -lhe se era habito acontecer aquele tipo de situação , em que os clientes saem de la naquelas condiçoes. "As vezes acontece". Penso que apartir daí comecei a cair em mim e a aperceber-me da gravidade do que tinha acontecido, que a gasolina é um combustivel altamente inflamavel, que se acontece "às vezes" algo não está bem por ali. 
A gasolina esta carissima. Cheguei a abastecer o automovel 4 vezes por semana e NUNCA tal me aconteceu. "Às vezes " não e bom.
Como moro ainda longe da cidade e o Continente fica mesmo ao lado assim como a Cuf,e temos MEDIS, fui a Wells comprar soro, agora com o serviço de optica ajudaram-me imenso e" obrigaram-me" a comprar-lhe uma t-shirt na Modalfa(quando vi que a pele dele estava ja a ficar irritada) e fui a correr à CUF  por uma unica razão e passo a explicar. Para alem de ter MEDIS, ser mais rápido e estar ja a morrer de ansiedade , ia esperar horas no Hospital de Torres, não tem serviço de oftalmologia, iria ser mandada para o Hospital de S.José , que fica em Lisboa, a mais de 50 kms(sim, sei os tramites todos do Hospital, infelizmente ja usufrui muito dos seus serviços quando era um Hospital que funcionava a 100%).
Na CUF disseram-me depois de o observar que ficou com uma irritação passageira na pele, e na vista. Para colocar soro fisiologico e um creme hidratante. Para dar-lhe banho e po-lo a dormir. Por causa do stress. Que tendo em conta o que ele tinha passado os danos não tinham sido graves.
A minha questão é...
E agora?
A minha vontade é responsabilizar a Bomba de gasolina. É impossivel que não tenham um seguro para este tipo de situações. Foi o susto que causou na criança, as dores, o MEDO, pavor, desconforto, o dinheiro que se gastou, o perigo a que fomos expostos. Não, não devia ter uma criança ao lado enquanto abastecia .
Mas tambem eu apanhei gasolina. Ainda nem sequer tive tempo para me olhar ao espelho. Lavei as mãos apenas. Tenho uma cheiro a gasolina terrivel. O Santiago está tratado, porem a minha necessidade de escrever era maior.
Não devem eles se responsabilizar-se pelo pagamento de todas as despesas que tive? E mais, averiguar o que se passa para que não torne a acontecer? E se isto se passa com uma grávida? E se se passasse com alguem depois de uma cirurgia oftalmologica? Quando fui operada à vista abasteci o carro, nunca me passou pela cabeça que estaria sujeita a uma situação destas!
Sim, estamos no Mundo. tudo pode acontecer, mas estas situações quando acontecem , servem para tirarmos delas uma Lição, a minha será NUNCA MAIS deixar os meus filhos ao meu lado quando tiver a abastecer o carro. A primeira vez foi a ultima. Mas ... as pressões não são controladas? Existem certificações? Controlo? Inspeções?


post signature

Partilha isto:

Sobre a autora:

Chamo-me Marta, e sou apaixonada pela escrita e pelo mundo da beleza. Em 2013 , após um curso de maquilhagem profissional decidi juntar os meus dois amores, criando este blogue. Gosto de escrever despudoradamente sobre tudo. Maquilhagem, cuidados com a pele, estética, cirurgia plástica e saúde no geral, assim como partilho aqui algumas das minhas crónicas em que abordo tudo o que é possível e imaginário. Venham daí, conhecer o meu Mundo!

21 comentários

  1. Puxa amiga, que susto mesmo, :(((( beijinhos grandes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acreditam que nao tenho força para me levantar e tomar banho sequer?juro... na altura conseguimos tudo FELIZMENTE. depois... pfffffffffffff...

      Eliminar
  2. Meu deus....que situação...coitadinho do Santiago e imagino o susto...Jesus...ainda bem que agora ele já está bem e não se passou nada de mais grave! Mas a gasolineira tem de ser responsabilizada pelo sucedido e, antes que tudo, têm de ter um kit de primeiros socorros...se for lá uma inspecção pagam uma multa daquelas..é por isso que detesto este chamado "self service" ...por sorte tenho perto de casa duas bombas que ainda sao do tempo em que temos um senhor que nos mete o combustivel no carro...então já pagamos o combustivel a preço de ouro e ainda temos de o meter? e ainda pior...estamos sujeitos a que nos acontecam situações destas???? Por amor da santa----eu fazia já uma reclamação querida----não pode passar impune, aquilo deve ser ar que se acumulou no mangueira, porque nunca vi nem ouvi semelhante....ainda estou atarantada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Susana, a moça na cuf que me atendeu estava gravida ficou parva... imagina o medo!

      Eliminar
  3. Sair a gasolina assim não é nada normal.. Até podias nem ter uma criança presente mas imagina que te entra para a vista e te provoca lesões ou (e eu sei que isto não se deve fazer mas já vi gente a fazer infelizmente) alguém se encontra a fumar no local e aquilo pega-se a roupa das pessoas e salta para o cigarro. Tristeza...
    Espero que esteja tudo bem com o Santi e contigo!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas isso diziam me as moças da wells! Ele tem que mudar de roupa! so que ficamos em choque. Ninguem pensa em apanhar mangueiradas de gasolina!

      Eliminar
    2. Pois, imagino o susto.. Há que reclamar com a gasolineira, é que por falta de condições ou inspecção pode acontecer outro tipo de acidentes lá.. Aihhh que desgraça... As melhoras aos dois!!

      Eliminar
  4. E espero que esteja tudo bem com os dois...

    ResponderEliminar
  5. realmente o que contas assusta-me muito. eu tenho um problema de pele, se em acontece-se a mim o que aconteceu ao teu filhote, acredita que apenas soro e creme não bastaria, e era coisa para gastar uma pipa de massa em farmácia. acho que deves voltar à bomba da gasolina, pedir o livro de reclamações e escrever. ficares simplesmente calada é que não. acredito que com a aflição toda de veres o menino assim nem te tenhas lembrado de nada, mas volta lá, se possível ainda hoje e escreve. eles são obrigados a dar-te o livro, guarda os recibos da consulta e da farmácia. as melhoras para ele. beijinho

    Blog | Facebook

    ResponderEliminar
  6. Não sei como raio o posto acha isso normal, definitivamente que deve haver algum problema ali que já devia ter sido resolvido. É que levar um banho de gasolina e depois andar por aí tipo rastilho ambulante é um perigo, não só pra pessoa como para os outros. Acho que devias ter deixado uma reclamação no livro! Ainda bem que o Santiago ficou bem, com estas coisas não se brincam!

    ResponderEliminar
  7. É a primeira vez que ouço uma história destas martinha. Que azar isto acontecer logo que o Santi quis sair do carro contigo :( Espero que recuperem rápido do susto, mãe que é mãe fica sempre com o coração nas mãos. Acho bem que alguém seja responsabilizado como disseste, já imaginaste se o teu filho tivesse algum problema grave de pele? :/ Que perigo com combustíveis não se brinca. Não deixes isto ficar em branco! E vá acalma-te porque o pior já passou, um beijinho aos dois <3

    ResponderEliminar
  8. Ainda estou em choque a pensar no q relataste, claro q há coisas macabras...mas alguém tem de ser responsabilizado neste caso, ainda por cima aconteceu mais vezes... Espero q o Santiago fique bem e tu tb, bjinhos

    ResponderEliminar
  9. Não acho isso nada normal para além de que nunca me aconteceu nada semelhante. E mais do que uma vez por semana abasteço o carro! Para além de que a situação tem que ser, a meu ver, resolvida pelas bombas de gasolina e têm, como me parece lógico, que ser responsabilizados e não encarar a situação como algo a desdramatizar e ainda por cima afirmar que por vezes acontece!!!

    Espero que fique tudo bem com o Santiago...beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O pior é que falei com pessoas a quem ja aconteceu o mesmo e mais q uma vez. Por sermos altos ficamos molhados ate ao pescoço o q nao deixa de ser perigoso. Mas o santi é pequenino levou com a gasolina nos olhos tadinho e no corpo todo

      Eliminar
  10. Acho impressionante é as bombas não terem primeiros socorros. Ja muitas vezes acontecem "acidentes" e as pessoas recorrem as bombas como método prioritário...

    ResponderEliminar
  11. Isso não é uma situação nada normal. Aliás, em muitos anos nunca tinha ouvido uma história dessas.
    Acho que deves mesmo reclamar, porque o que aconteceu foi muito grave.
    O susto que tu e o Santiago apanharam, já ninguém vos tira, mas a reclamação previne que mais pessoas passem pelo que vocês passaram.
    Espero que já esteja tudo melhor convosco

    Beijinho

    ResponderEliminar
  12. Oh meu Deus! Qu coisa hein, graças a Deus, vocÊs ficaram bem

    E te convido a dar uma passada no meu blog. Ficaria muuuito muuutio muuito feliiz!!
    http://extremamente-feminina.blogspot.com.br/2014/07/ultimos-filmes-que-assisti-bons-ou-ruins.html
    Te aguardo lá!
    Bjsss
    *.*

    ResponderEliminar
  13. Isso é que foi um susto!
    Nunca pensei mesmo que isso pudesse acontecer!
    Espero que já estejam recuperados

    ResponderEliminar
  14. Que horror deve ter sido desesperante. Ainda bem que ficaram bem*

    ResponderEliminar
  15. Que horror. deve ter sido desesperante. Ainda bem que todos ficaram bem. *

    ResponderEliminar
  16. Ao menos deixaste o sucedido no livro de reclamações? É que infelizmente neste país se não está por escrito no devido sítio não aconteceu...

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu comentário!