Sociedade

Empoderamento

janeiro 09, 2019

Esta é uma palavra relativamente nova na língua portuguesa, e significa “dar poder”.

É usada especialmente quando nos referimos ao aumento do poder feminino, ao incentivo entre mulheres, na luta pela igualdade de género.

Mas as pessoas confundem. E ultimamente, todo e qualquer comentário que seja feito, dói e ofende. 
O comentário mais brando recebe logo três coices e nove insultos. 

Eu não acho que as mulheres sejam assim tão más umas para as outras. As minhas melhores amigas sempre foram mulheres. Não faço parte daquele universo que diz que os homens são os melhores amigos que se pode ter. Não acho mesmo nada que assim seja. E sim, tenho amigos homens de longa data, mas, ninguém como uma mulher para entender a intensidade de emoções de outra. 
Os seres humanos no geral são sim mauzinhos uns para os outros. Independentemente do sexo. Aliás, basta visitar contas do instagram de celebridades ou os comentários do Correio da Manhã para ver a quantidade de ódio que ali se destila.
E porquê? Porque no fundo sabem que são invisíveis. Querem fazer estrago nas vidas aparentemente mais glamorosas de quem tem maior exposição mediática. Na maior parte das vezes, a maneira como os outros nos tratam não tem a ver connosco mas com eles próprios. Quando estamos irritados por exemplo, embirramos com toda a gente no trânsito, no supermercado, tudo nos parece ridículo e patético.
Eu acho que, apesar de se dizer que a crise passou e que tudo está a melhorar, os portugueses continuam a passar por grandes dificuldades. Salários baixos, sistema nacional de saúde fraco, impostos exigentes, relacionamentos complicados ou nulos, alienação familiar( as famílias estão cada vez mais afastadas dos seus, por todas as razões e mais algumas) e isto, tendo em conta o peso que as redes sociais têm na nossa vida faz com que as pessoas se manifestem quase que livremente , na internet e digam tudo o que lhes passa pela cabeça. 
Obviamente que há quem chegue muito longe e chega a ser assustador. 
Acho o cúmulo quem sente como ofensa por parte da Rita Pereira o facto da mesma estar com um corpo invejável após o nascimento do filho.
Assim como quem insulta quem não aprecia a Cristina Ferreira. 
As figuras públicas têm uma exposição que as deixa vulneráveis a todo o tipo de comentários, mas, garanto que a grande maioria nem liga e até acha graça às alarvidades que se dizem por aí. 
Por exemplo, o Brasil é uma festa. As celebridades batem boca nas redes sociais umas contra as outras, contra o Presidente, colegas, e o povo diverte- se. No fundo usam essas guerrinhas pars ganhar mais protagonismo. Talvez o nosso pequeno país ainda não tenha chegado a esta fase. Somos muito sérios, pouco descontraídos. 
Obviamente que existem exageros na maldade dos comentários, muita mentira e especulação. Mas acho que será sempre assim. E quantas mais explicações se dão, pior.




You Might Also Like

0 comentários

Obrigada pelo teu comentário!